Arquitetura e Decoração

Renove seu piso com pintura

Com a grande variedade de revestimentos, o taco ficou um pouco de lado mas ainda há quem goste. Uma boa ideia e uma opção econômica para restaurar o seu piso é pintar e deixá-lo com uma cara original.
Confira as dicas separadas pela arquiteta Rosa Maria Degrazia.
Mão de obra especializada ou DIY? – Ela aconselha a contratação de mão de obra especializada, mas você pode fazer em casa por conta própria. Só dá um pouquinho de trabalho.
Vale a pena – Se o piso for taco de madeira nobre e estiver muito destruído, a pintura irá disfarçar as imperfeições.
Econômico – É por ser um processo mais rápido e mais barato de restauração.
Esmalte Sintético ou Tinta Epóxi – A arquiteta ressalta que é importante utilizar um desses materiais para fazer a pintura do taco. Mas, antes de começar, deve-se tomar alguns cuidados para que o resultado fique o melhor possível.
“É necessário lixar e retirar todo o esmalte ou cera e restaurar todas as imperfeições, para depois aplicar a tinta e depois aplicar uma resina ou verniz para maior proteção”, conta Rosa Maria.
Mãos à Obra
Para quem quer arriscar e seguir o estilo de faça você mesmo , segue abaixo um passo a passo com as orientações da arquiteta:
Passo 1: Feche os buracos e defeitos do piso a ser pintado com massa de calafetar, ou pó de serra misturado com cola para madeira.
Passo 2: Remova o revestimento antigo existente no piso. Para cera use removedor, se for verniz, deve-se lixar até a madeira aparecer totalmente e ficar lisa.
Passo 3: Após o processo de remoção do produto antigo, efetue uma boa limpeza, retirando totalmente a poeira formada.
Passo 4: Isole as paredes com fita crepe.
Passo 5: Inicie o processo pintando primeiramente as bordas com pincel de cerdas largo e macio. Na parte interna do ambiente, use um rolo de veludo rebaixado.
Passo 6: Depois de secar bem – que vai depender do tempo – passe uma segunda demão da tinta.
Passo 7: Para maior proteção, após a secagem completa da tinta, passe uma demão de verniz a base de água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *