Dicas de Casa

Porcelanato, madeira, mármore ou cimento… Como escolher?

Antes de começar a estudar os tipos de piso, saiba que para deixar a área social bonita e elegante existe uma característica a buscar: a unidade visual. E a primeira providência para obtê-la é escolher um único material para revestir todos os ambientes – se puder estendê-lo à casa toda, melhor ainda. Separamos os prós e contras de cada piso para que você possa escolher a opção que mais irá lhe atender.

QUANDO ESCOLHER PORCELANATO

– Prós: fácil de instalaralta resistênciavariedade no tamanho das peças.
– Contras: é um piso frio, que precisa se aliar a outros elementos da decoração para ganhar aconchego.
– Manutenção: varrer e passar pano úmido nas sujeiras mais resistentes.
QUANDO ESCOLHER MADEIRA
– Prós: tem toque caloroso e proporciona acústica excelente.
– Contras: sofre com o sol, que escurece sua tonalidade.
– Manutenção: pano úmido bem torcido e sabão neutro.
QUANDO ESCOLHER MÁRMORE
– Prós: revestimento natural, empresta nobreza aos ambientes com seus veios únicos.
– Contras: poroso, mancha com facilidade. Sua restauração requer obra pesada. Está entre os pisos mais caros.
– Manutenção: pano umedecido em uma solução de água e detergente neutro ou sabão de coco.
QUANDO ESCOLHER CIMENTO
– Prós: o Tecnocimento deixa o piso sem emendas. Na versão fosca, dispensa a reposição da película protetora.
– Contras: precisa de mão de obra especializada para instalar. Requer obra pesada para retirar.
– Manutenção: varrer com vassoura de cerdas macias e usar produtos de limpeza fornecidos pelo fabricante do revestimento.