Arquitetura e Decoração

Madeira Imbuia para Móveis: Resistência e Especificações Técnicas

A madeira, ao longo dos anos, tem sido muito utilizada em diversos segmentos da construção civil, além de ser bastante atuante também no design de interiores com a confecção de móveis como guarda-roupas, mesas, cadeiras, estante de cabeceira e outros. Existem, portanto, alguns tipos de madeira que são mais recomendados ou que são melhor aproveitados pela indústria madeireira na produção desses móveis. Neste artigo, vamos falar um pouco mais da madeira imbuia para móveis, sua resistência, algumas especificações técnicas e os motivos pelos quais ela voltou a ser popular nos últimos anos.

Aqui você encontrará os seguintes tópicos:

  • Madeira Imbuia para Móveis: Especificações Técnicas
  • Madeira Imbuia para Móveis: Benefícios

 

Madeira Imbuia para Móveis: Especificações Técnicas

São diversos os estudos que são destinados a destrinchar as características físicas e químicas de um material, principalmente quando se está associado a algo tão importante como a madeira está para a construção civil. O Instituto de Pesquisas Tecnológicas é um dos locais onde é possível a realização desses estudos e o usaremos como referência para apresentar as principais características da Imbuia no artigo.

Ocotea porosa é o nome científico da árvore Imbuia que incide nas Matas de Araucária, ou Floresta de Ombrófilas Mistas. No Brasil, a região na qual é possível encontrar esse tipo de árvore é na região Sul, mais especificamente na região do estado do Paraná, mas também possui ocorrência em Santa Catarina e no Rio de Grande do Sul. 

Suas características mais gerais estão relativas à sua coloração amarronzada parda bem marcada por veios que variam do amarelo ao marrom com algumas linhas pretas. Trata-se de uma madeira que possui cheiro bem perceptível e que lhe é característico, porém agradável.

De acordo com o IPT, a durabilidade natural da Imbuia já é muito alta, uma vez que apresenta bom desempenho na presença de organismos xilofágos e é raramente atacada por cupins. A sua trabalhabilidade também é muito boa e fácil, o que proporciona bom acabamento nos produtos feitos a partir dela.

A secagem da Imbuia, no entanto, é lenta e considerada de média a difícil de forma natural. A secagem induzida, se necessária, deve ser feita com cuidado, visto que em peças mais espessas, é possível provocar rachaduras na sua estrutura interna e prejudicar a sua qualidade.

 

Madeira Imbuia para Móveis: Benefícios

Como foi dito, a madeira Imbuia apresenta boas características que justificam o seu uso na indústria madeireira. Entre os principais benefícios dos móveis de imbuia estão a sua resistência, visto que é uma característica natural da madeira e que, aliado aos produtos de manutenção, pode aumentar ainda mais.

Além disso, a Imbuia é uma madeira bastante versátil esteticamente e combina com diferentes estilos de decoração, desde os mais rústicos até os mais modernos. Os veios aparentes, por exemplo, podem evidenciar o caráter mais rústico e ainda contrastar com outros aspectos mais modernos em uma decoração residencial. 

Além disso, os móveis confeccionados a partir da madeira Imbuia apresentam boa resistência aos cupins, os grandes causadores de dores de cabeça para muita gente. Dessa forma, é seguro garantir que além da durabilidade natural, os móveis dessa madeira não correm riscos de serem desgastados por fatores externos, sobretudo se bem cuidados.